Blog Cervejeiro!

"Com o objetivo de informar, esclarecer, divulgar e compartilhar idéias, experiências, passeios e descobertas desse universo fascinante dos maltes fermentados e do mundo gatronômico."

12 março, 2007

Eisenbahn Lust

Como prometido no ‘post’ anterior’ vou falar sobre a 'Eisenbahn Lust'. Essa cerveja é o que podemos chamar de ‘evolução da cerveja nacional’. Só o seu processo de fabricação (único no Brasil) é um show à parte. A 'Lust' é a primeira cerveja do Brasil feita com o método 'Champenoise', tradicional processo de produção dos champagnes franceses. A 'Lust' passa por diversas etapas na sua fabricação, que são:

Primeiro, é feita pelo processo normal de produção de cervejas na fabrica da 'Eisenbahn', sua base é a 'Strong Golden Ale' que depois da fermentação e maturação normal dentro da cervejaria, é enviada para uma vinícola (vinícola San Michele), onde é envasada nas garrafas de espumante, com a adição de açúcar e leveduras próprios para fabricação de espumantes. Durante um mês, o líquido fica fermentando dentro da garrafa. Em seguida, a bebida fica em repouso por mais um mês. A garrafa é, então, colocada no 'Pupitre' (suporte de madeira onde elas são apoiadas pelo bico). É aí que começa o processo 'Champenoise', que é divido em duas partes.

A primeira é chamada de 'Remuage'. Durante um mês, duas vezes por dia um funcionário gira as garrafas em 45° graus e vai aos poucos as inclinando até ficarem de cabeça pra baixo. Com isso, a levedura e a borra se depositam no bico da garrafa.
O bico é congelado e a garrafa é aberta. A alta pressão interna decorrente da fermentação expulsa a borra e a levedura, deixando a bebida límpida e brilhante. É o que se chama 'Dégorgement'.
Para finalizar, a rolha de cortiça e o rótulo são colocados. A ‘Lust’ por fim está pronta para o consumo. Ao todo a cerveja leva quatro meses para ficar pronta, dês da fabricação da cerveja 'base' até resultado final.

E o resultado final é algo surpreendente, possui 11,5%ABV de teor alcoólico, mas o álcool não se sobressaí. De coloração dourada, limpa e brilhante. Apresenta corpo intenso, espuma consistente e cremosa, perlage fino e persistente. Seu aroma é bem frutado, cítrico por sinal (lembrando abacaxi, laranja) e nozes. Paladar complexo, refrescante, uma explosão de sabores, bem frutado, com passagens pelo lúpulo e malte e um leve toque adocicado. Uma experiência única para aqueles que apreciam uma cerveja realmente especial.

Ein Prosit!

5 Comments:

At 8:01 AM, Anonymous Anônimo said...

André,

Fiquei conhecendo seu blog hoje, gostei!! Tá bem legal.
Com certeza vou querer experimentar sua cerveja. Vamos marcar um dia para você vir aqui e tomar da minha também.
Parabéns e boa sorte com as cervejas!!
João Gonçales

 
At 9:26 AM, Blogger VdeAlmeida said...

Não sei se conhece a DeuS belga. É feita pela brasserie Bosteels, da Kwak e da Triple Karmeliet, e depois enviada para França, para a zona do champagne, onde finaliza a sua maturação. Acredite, a cerveja é quualquer coisa de sensacional, embora acredite que alguum purista da cerveja a classifique como não sendo propriamente cerveja.
Pena que nós por Portugal do Brasil só conheçamos praticamente a Brama.
Não conhecia seu blog e gostei das apreciações que faz. Voltarei para ler mais
Abraço deste lado do Atlântico

Vic

 
At 9:21 AM, Blogger Christoph Suwelack said...

Vamos atualizar o Blog please

 
At 10:15 AM, Blogger washington luiz said...

cerveja bom d+, e por falar em cerva, olha isso ai, gostoza cheia de cerveja mostra a aranha no bar, video forró
bombando no youtube,copie o link e cole no seu navegador ou acesse teia de aranha luiz roque no youtube
http://www.youtube.com/watch?v=ePmkBi4AdK8

 
At 10:13 AM, Anonymous comprar curtidas automaticas instagram said...

Sensacional

 

Postar um comentário

<< Home